Fale conosco agora

O poder do Marketing Olfativo

Hoje vamos falar sobre uma importantíssima ferramenta do mundo contemporâneo, o Marketing Olfativo. Mas afinal, você sabe do que se trata? Vem, que a gente explica!

O que é?

Marketing Olfativo nada mais é do que um recurso do Marketing Sensorial, estratégia muito utilizada em campanhas publicitárias, as quais buscam, através dos sentidos, criar e estabelecer um vínculo emocional entre o cliente e a marca. Muito mais do que chamar a atenção de seu consumidor, é fazer com que ele se lembre do seu estabelecimento toda vez que sentir um aroma específico.

E o mais legal de tudo isso, é que o Marketing Olfativo pode fazer total diferença nos negócios; caso contrário, não haveriam tantas empresas investindo nessa estratégia. De acordo com um estudo da Universidade Rockefeller, as fragrâncias aumentam a probabilidade de compra em até 15%.

Como tudo acontece?

Os odores são capazes de estimular áreas dos nossos cérebros, responsáveis por criar emoções e memórias. Ao sentirmos uma fragrância, o olfato envia mensagens instantâneas para o nosso sistema límbico, a parte do cérebro onde sentimos emoções. Imediatamente, o consumidor consegue associar a marca à fragrância, tornando possível o desenvolvimento de laços e memórias, que com o tempo podem ser trabalhados, criado assim um relacionamento com o cliente.

A neurociência explica que as sensações, sejam olfativas, sonoras ou visuais, estimulam o cérebro do consumidor, induzindo-o a comprar determinado produto. O dinamarquês Martin Lindstrom, especialista em Neuromarketing, afirma que 85% das compras são decididas pelo subconsciente.

Como funciona a estratégia do Marketing Olfativo?

É fato que a atmosfera do ambiente favorece a interação dos consumidores aos produtos expostos. Dito isso, ao aumentar os pontos de contato e integrar mais um sentido — o olfato — a percepção daquele cliente sobre os valores da marca aumentará significativamente.

Portanto, a ampliação de vendas pode acontecer em duas vertentes, sendo favorável ao consumo ou gerando uma lembrança positiva da marca através de uma boa experiência de consumo por parte do cliente.

A aplicação pode ser utilizada em pontos de venda, campanhas de marketing e propagandas.

Como escolher a essência certa para o seu Marketing Olfativo?

Mas entre tantas opções, como escolher o tipo certo de essência? Isso é muito simples, partimos do princípio de que todo negócio possui um segmento, um certo público alvo. Portanto, antes de mais nada, você deve ter em mente o tipo de público que você busca alcançar (faixa etária, classe social, gênero e etc…). Procure saber no que esse público está interessado (status, alimentação, conforto, bem-estar, luxo…). Assim, você já está moldando o tipo de fragrância que combine com o seu ambiente para satisfazer ao máximo o seu cliente.

Para facilitar, aqui vai um bom exemplo de como utilizar as fragrâncias na sua marca. Imagine que você possui uma barbearia, e está pensando em investir em Marketing Olfativo. O ambiente atende, em sua esmagadora maioria, homens com a faixa etária entre 25 e 55 anos. A essência melhor indicada para esse caso seria uma presença olfativa amadeirada, algo seco e bem marcante, para remeter a masculinidade do ambiente. Agora, pense o inverso. Caso a barbearia escolhesse um aroma frutado e floral, a intensidade atrapalharia as vendas, incomodando os clientes e até mesmo fazendo com que eles sentissem a necessidade de ir embora. Essa é a importância de escolher bem a identidade olfativa de sua marca.

Para mais informações entre em contato conosco através do nosso WhatsApp.

Compartilhe este conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.